Pomar

Uma colheita do que de melhor se faz na net, também com produção caseira

Menu Close

This is not the Apple you are looking for

E enquanto não surgir outra marca a fornecer uma experiência melhor, de forma consistente, a Apple continuará a ser líder.

A frase é minha, escrita em Fevereiro de 2012, e continua tão actual como quando a escrevi. A diferença é que, para mim, começam a aparecer marcas a igualar – e talvez melhorar – a experiência dos produtos Apple.

Para os Mac não vejo sequer um concorrente à altura, mesmo numa altura em que a linha de computadores Apple está desactualizada e demasiado cara para o que oferece. Já com o iPhone a história é outra.

Desde que a Apple lançou o iPhone 6 que deixou de ser um telefone que me cativa. Não gosto do tamanho e acho o desenho demasiado estéril. Um aparelho que se tornou cada vez mais fino, com baterias cada vez mais pequenas, e que no 6 se tornou tão fino que a lente não cabe totalmente no chassi. Com tudo isto tornou-se cada vez menos ergonómico e difícil de segurar com uma mão. O iPhone 3G era tão agradável de utilizar. Mesmo o iPhone 5c é tão melhor na mão que o 5/5s/SE.

Em 2012 também escrevi que os Nokia Lumia me deixavam intrigado. Na altura o Windows Phone não era um sistema capaz de competir com o iOS. Hoje o Android já o é. Está mais maduro, tem as funcionalidades necessárias e muitas aplicações disponíveis. Mas o sistema não é tudo. O hardware é fundamental. E há um fabricante que me tem cativado: a Sony. Fui fã dos Sony Ericsson e os Sony Xperia têm um desenho que me fez olhar para eles. Podem não ter as características de topo de outros aparelhos Android (ecrãs 4k num telefone?), contudo, como nos computadores, estamos a chegar a um ponto em que há vida para além da velocidade dos processadores.

Há uns meses descobri a linha Xperia Compact. Versões mais pequenas dos Xperia “normais”, ligeiramente maiores que o meu iPhone 5s e com características dos melhores telefones da Sony. Fiquei de tal forma curioso que até tenho seguido as novidades sobre o Android. Esta semana a Sony apresentou o Xperia X Compact. Não é uma verdadeira versão mais pequena do Xperia XZ (o topo de gama) – com excepção feita à câmara principal – mas anda lá perto.

iphonese-xperiaxcompact

É um pouco mais largo, um pouco mais alto, um pouco mais espesso e um pouco mais pesado (135 g vs 113 g) que o iPhone SE. Mas tem um ecrã maior e com uma definição superior, próxima do iPhone 6. Parece ser mais ergonómico que o modelo anterior, o Xperia Z5 Compact, que já é agradável de utilizar. É verdade que tem quase 1 cm de espessura, mas não é por acaso. A bateria tem 2700 Mah de capacidade. Como comparação o iPhone SE tem 1624 Mah. O que importa é o que se faz com esta capacidade, mas 66% extra é considerável. O processador não é o topo da linha mas, com um ecrã de resolução inferior a muitos telefones Android maiores, tudo indica que será mais que suficiente.

O Sony Xperia X Compact chega ao mercado no final do mês. Até lá a Apple vai apresentar novidades e talvez a própria Google lance novos Nexus (que agora se deverão chamar Pixel). Mas o meu iPhone 5s está a precisar de reforma. A bateria está bastante gasta e o ecrã, por culpa minha, já viu melhores dias.

Será este Sony uma melhor experiência que o iPhone? Estou tentado a descobrir.

Mostrar artigo aleatório

© 2017 Pomar. All rights reserved.

Theme by Anders Norén.